OiToronto

Governo de Ontário promete cortar impostos das contas de energia elétrica

Pablo Marcelo por

hits 231

Promessas de governo, quem nunca? As eleições de 2018 já apontando lá no fim do túnel, e os Liberais começam a distribuir benesses à população – e diz ter caixa pra isso. A próxima é das boas: tirar 8% dos impostos provinciais das contas de energia elétrica. Pra um lugar que tem uma das contas de luz mais caras da América do Norte, isso é muita grana.

Dorothy Wynne e o seu marido moram em Moosoonee, em Ontário. Um casal de idosos, com todas as contas regradinhas, sem nada fora do orçamento, morando numa casa sem basement, sem sistema de aquecimento elétrico – ficam só na base da lareira e tudo o mais natural possível, e ainda assim as contas de luz chegam a $4,300/ano. E tem gente que gasta muito mais, no inverno piora.

“Reconhecemos que os gastos com energia elétrica estão comendo os orçamentos das famílias”, disse a premier Kathleen Wynne. A isenção do imposto trará uma economia média de uns $130 ao ano às famílias. Além disso, o Governo pretende ajudar também aqueles que vivem em áreas rurais e não têm a tranquilidade do aquecimento a gás, por exemplo – todo ano receberão uma ajuda de $540.

Se é algo eleitoreiro ou não, não vem muito ao caso. Só sabemos que qualquer $50 a menos na conta de luz já é muita coisa. $1 dólar vale muito. Por outro lado, que esses presentes de Natal não deixem você sair de casa sem apagar a luz. Economia nunca é demais, e de todos os lados.

Gostou do conteúdo? Assine nossa newsletter!

Cadastre-se para receber as novidades do blog por email. É de graça!

Obrigada! Seu pedido foi enviado com sucesso.

Erro

Pablo Marcelo

Por: Pablo Marcelo

Paulistano de berço (São Paulo), Filósofo de formação (Unicamp), Blogueiro dedicado (Blog Numa Fria), Descobridor de Toronto em família (2014). [ email . twitter . linkedin ]

Ver comentários

Classificados

Autopark Georgetown

Estou aqui para ajudar quem precisa comprar um carro no Canadá. Financiamos para recém-chegados e pessoas sem crédito. [LER]

ANUNCIE AQUI!