OiToronto

Imigração canadense altera regras para estudantes internacionais 

Fernanda C Thiesen por
- Post atualizado em: 18 jul 2016

Até antes do dia 13 de julho de 2016, estudantes planejando realizar um programa de pathway –aquele através do qual se estuda inglês no Canadá até atingir o nível requerido para se qualificar para um curso de college ou universidade– poderiam aplicar para ambos os cursos ainda do Brasil, de uma vez só, e já chegar ao Canadá com as permissões de estudo e trabalho válidas, inclusive o cônjuge já tendo direito de trabalhar também. Pois, então, as coisas mudaram. 

A partir de agora, quem quiser fazer um programa de pathway deve aplicar primeiramente para um visto de turismo ou estudo –dependendo de quanto tempo será preciso estudar inglês para se qualificar pro college– e, após concluir com sucesso o curso que é pré-requisito, aplicar novamente mas, desta vez, para as permissões de estudo pro college e de trabalho. Nesse momento, o cônjuge, que veio ao Canadá com visto de turista, também deverá solicitar sua permissão de trabalho.

Acredita-se que a segunda parte do processo poderá ser feita de dentro do Canadá sem maiores complicações. Porém, será necessário pagar duas taxas de solicitação de visto ao todo –pois agora são dois pedidos de visto ao invés de um só–, e comprovar a renda necessária para o programa completo em ambas as aplicações. Até mesmo para o pedido do primeiro visto será necessário apresentar toda a papelada referente ao planejamento completo que, no caso, seria curso de inglês mais college/universidade.

Segundo a nota da Imigração, a mudança surgiu para evitar que o estudante que não finalizar o curso pré-requisito com sucesso ainda tenha em mãos uma permissão de estudo com direito a trabalho. Provavelmente, a Imigração também pretende evitar que o estudante e seu cônjuge comecem a trabalhar assim que chegarem ao país, ao invés de após início do college, como proposto no programa. Segundo comentários na internet, entende-se que estudantes tenham abusado das facilidades oferecidas pelo programa e, consequentemente, os próximos candidatos terão que pagar o pato.

Mas, enfim, bola pra frente que o programa ainda existe e o Canadá ainda tem interesse em estudantes internacionais que pretendam imigrar, especialmente com a família. O programa agora oferece menos garantias para quem planeja deixar pra trás uma vida inteira em seu país de origem, exige mais burocracia e mais despesas. Porém, ainda é viável.

As mudanças somente atingirão os processos enviados no dia 14 de julho de 2016 e após essa data. Quem aplicou até o dia 13 de julho terá seu pedido de visto processado ainda da forma antiga. As mudanças valem para todos os processos que não tenham recebido uma decisão final antes de 13 de julho. Desta forma, se você entregou sua papelada antes do dia 13 de julho mas o seu processo ainda está em andamento, as novas regras é que vão valer. Caso seu cônjuge tenha aplicado para permissão de trabalho, provavelmente terá o pedido negado. Segundo as novas regras, os cônjuges deverão solicitar visto de turista para acompanhar o estudante durante o seu curso de pathway. (parágrafo atualizado em 18/07/2016)

A mudança vale para qualquer programa de estudo que tenha um outro programa como pré-requisito.

Nada será diferente para quem pretende se matricular em college ou universidade diretamente, ou seja, sem a necessidade de fazer um curso de idioma como pré-requisito.

Clique aqui para ver o anúncio oficial da imigração.

Gostou do conteúdo? Assine nosso boletim!

Cadastre-se para receber as novidades do blog por email. É de graça!

Obrigada! Seu pedido foi enviado com sucesso. Favor checar seu email para confirmar o recebimento de nosso boletim.

Erro

Fernanda C Thiesen

Por: Fernanda C Thiesen

Fernanda é carioca, publicitária, cofundadora e editora do OiToronto. Imigrou para o Canadá no final de 2006 e se tornou cidadã canadense em 2011. [ email . linkedin ]

Ver comentários

Classificados

Autopark Georgetown

Estou aqui para ajudar quem precisa comprar um carro no Canadá. Financiamos para recém-chegados e pessoas sem crédito. [LER]

Quartos privativos e compartilhados para alugar na Lansdowne com Dupont

Veja nossos preços para fevereiro, março e abril de 2017! Vagas a partir C$575!!! Quartos compartilhados e privativos para alugar em casa de estudante totalmente mobiliada. Inclui tv à cabo, netflix, internet wi-fi de alta velocidade ilimitada, cozinha equipada, backyard com bbq e lavanderia. [LER]

ANUNCIE AQUI!