OiToronto

Litte Italy: O nosso bairro italiano, capiche?

por
- Post atualizado em: 6 jun 2016

A comunidade italiana é uma das maiores de Toronto, e essa cultura pode ser presenciada principalmente no lado oeste da College Street. É lá que está a Little Italy, um bairro que apesar de estar cada vez mais diversificado, ainda tem uma influência italiana bastante forte.

Em época de Copa do Mundo, não existe lugar mais movimentado em Toronto do que a Little Italy. Os bares e restaurantes do bairro instalam aparelhos de TVs extras para atender a grande demanda de clientes. É claro que isso tem a ver com o fato da maioria dos donos dos estabelecimentos da área serem imigrantes ou descendentes de italianos, que assim como os brasileiros, amam o futebol. Porém, a reputação de “melhor lugar para assistir ao jogos” começou na Copa de 1982, quando a Itália venceu a Alemanha e se tornou campeã do mundo, fazendo com que milhares de pessoas tomassem conta das ruas daquele bairro, com bandeiras do seu país, gritando “Viva Italia”. Em 2006, quando o país venceu novamente a copa do mundo, derrotando a França, a cena se repetiu, e ficou imortalizada em fotografias expostas nos estabelecimentos da Little Italy.

É essa a impressão que a comunidade italiana deixou em Toronto. A de ser um povo bastante orgulhoso de suas raízes e cultura. Tanto, que eles fazem questão de preservar os costumes, sendo inclusive bastante comum se deparar com descendentes que já fazem parte da terceira ou quarta geração de canadenses, mas que ainda falam a língua e se consideram italianos, mesmo sem nunca terem colocado os pés na Itália.

Influência italiana predomina no bairro

Parte dessa influência pode ser vista exatamente na Little Italy, que apesar de não ser um bairro tão característico como Chinatown (onde temos a impressão de que estamos em uma cidade chinesa), ainda destaca a cultura italiana. Isso pode ser presenciado nas próprias luminárias em forma do mapa da Itália (parecido com a de uma bota), presas nos postes da College Street.

Existe uma boa quantidade de restaurantes e bares que servem a gastronomia italiana, alguns deles bastante tradicionais, como o Café Diplomático, aberto no final da década de 60 e que ainda atrai uma grande quantidade de pessoas, principalmente nos finais de semana e nos dias mais quentes. O lugar foi escolhido para fazer parte de uma das cenas do filme Chloe, e é ponto de encontro de jovens e turistas.

A Little Italy é sede do Italian Walk of Fame, a calçada da fama italiana, que presta homenagens a personalidades da Itália que se destacaram em áreas como a música, cinema, política, esporte e televisão. É também onde fica o Royal Cinema, construído no final da década de 30, que hoje apresenta uma boa seleção de filmes de arte e também funciona como um estúdio de pós-produção para cinema e televisão durante o dia.

Outras culturas ocupam espaço entre estabelecimentos italianos

É cada vez mais frequente na Little Italy a abertura de estabelecimentos de outras etnias, fazendo com que o bairro, aos poucos, perca a sua “identidade italiana”. A grande presença de latinos, que frequentam algumas das boates mais populares do bairro, como a El Convento Rico e Maná Bar & Lounge, impulsiona empresários a investirem em restaurantes, lojas e bares para esse público.

Assim como os estabelecimentos, o perfil dos moradores da Little Italy também tem mudado. Os imigrantes italianos e alguns portugueses estão dando lugar a uma população formada por jovens profissionais, atraídos pela agitação do bairro nos finais de semana e a proximidade com o centro de Toronto. As casas, com uma arquitetura seguindo o estilo eduardiana e vitoriana, chegam a custar em média $750 mil.

Festivais com gosto de Itália

Um dos maiores festivais que acontecem nessa parte de Toronto é o Taste of Little Italy, que acontece em junho e reúne um grande número de pessoas. Bares e restaurantes do bairro incrementam seus pátios, e alguns criam um cardápio especial para o evento. Diversas bandas e músicos se apresentam nas esquinas da College Street, entre o cruzamento com a Bathurst e Shaw Street, além de grupos de danças e outros artistas.

O Fiera Italiana é um outro evento, bastante parecido com o Taste of Little Italy, que ocorre na mesma área, focando principalmente na música e dança italiana. No festival do ano passado, que ocorreu na primeira semana de setembro, foi realizada uma competição de tarantela, a dança tradicional da Itália, onde os vencedores ganhariam uma cesta com produtos italianos como massas, azeites e prosciutto (tipo de presunto italiano), além de uma roda de queijo parmesão, com mais de 30 quilos.

A Little Italy é um excelente passeio, principalmente no final da tarde. O OiToronto fez uma seleção dos melhores lugares para comer, beber e se divertir nesse bairro italiano.

Bares e Boates

  • No One Writes To The Colonel (460 College St.)- Esse bar é ideal para se reunir com os amigos. O público é perfeito, “cabeça aberta”, do tipo fácil de se relacionar. Além de bartenders super simpáticos, que preparam deliciosas margaritas, esse é o lugar onde se apresenta todas as terças-feiras o Choir, Choir, Choir, o coral que o OiToronto visitou em fevereiro e escreveu a respeito no post O coral mais divertido da cidade.
  • El Convento Rico (750 College Street)- Todas as vezes que eu compareço a essa boate, fico me perguntando de onde saiu tanta mulher sensual. É como um paraíso para qualquer rapaz solteiro na cidade. Geralmente elas vão em grupos de amigas, e dançam a noite inteira com uma excelente seleção de músicas que são sucessos nas rádios e canções latinas. É um dos melhores lugares de Toronto para celebrar uma “despedida de solteira”, onde gogo boys garantem os seus 15 minutos de fama. Destaque para os shows de drag queens, considerado um dos melhores de Toronto.
  • Mod Club (722 College Street)- Essa boate está situada ao lado do Maná, e além da apresentação de bons djs, ainda oferece uma série de bons shows ao vivo. O tipo de música tocada aqui segue o estilo techo/house. O público é bastante diversificado. O tipo de lugar para quem quer se divertir na Little Italy sem gastar muito. A qualidade do som é perfeita.
  • Maná (722 College St.) – O salão pequeno rapidamente começa a lotar. Mas apesar da falta de espaço, não é difícil perceber por que tantos estudantes fazem questão de frequentar esse local. Os djs tocam exatamente o que esse público quer ouvir e o que falta em outras boates da cidade tem aqui de sobra. Músicas de cantores brasileiros, como a dupla Jorge e Matheus e a banda Exalta Samba, além uma série de canções latinas e hits de sucesso fazem parte do repertório. Saiba mais no post Repertório do Maná Bar & Lounge agrada brasileiros e latinos.

Onde comer

  • Acadia Restaurant (50 Clinton Street)- Esse restaurante abriu no ano passado, perto da Little Italy. Eu estive presente uma vez, a convite de uma amiga, e foi o suficiente para ter virado fã do local. A comida é mesmo deliciosa, os garçons super simpáticos e educados e apesar da boa reputação que gira em torno desse estabelecimento, não tem nada de esnobe. O preço é razoável, e faz jus ao sabor da comida.
  • The Auld Spot Pub (633 College St)- Esse é o segundo endereço desse pub. O original está situado na Danforth, e também foi visitado pelo OiToronto. Além de bebidas com preços razoáveis, a comida também é muito boa. Destaque para o sheppard’s pie de pato.
  • Bar Italia (582 College St)- É o lugar preferido de alguns jovens italianos. Possui uma boa seleção de massa que, apesar de não ter um sabor extraordinário, é bem servida e possui preços razoáveis. O atendimento do local também é bom. O lugar é ideal para reunir os amigos para uma conversa.
  • Vivoli (665 College Stree)- Esse restaurante italiano serve boa pizza e massa, além de ser um lugar bastante agradável. Peça para sentar no primeiro andar do restaurante. O único problema desse lugar são as porções (que não são tão generosas quanto à quantidade).
  • Dolce Gelato (697 College Street)- Essa sorveteria possui uma outra unidade na Danforth Avenue (que o OiToronto também visitou). Serve um dos melhores gelatos da cidade. A grande seleção de sabores é um dos destaques. Não se deixe intimidar pela grande fila, uma vez que o serviço é bastante rápido. O sorvete de doce de leite e chocolate branco é de “tomar rezando”.

  • Bairrada Churrasqueria (1002 College Street) – Apesar do OiToronto não ter tido um bom serviço quando visitou esse restaurante (o garçom parecia estar chateado com algo e mal respondia as nossas perguntas), a comida do lugar salvou a reputação do local. O frango veio assado no ponto certo, acompanhado de arroz e batatas, o que me pareceu a combinação perfeita.
  • Manic Coffee (426 College Street) Esse estabelecimento já foi citado pelo OiToronto na lista dos melhores cafés da cidade, e apesar do atendimento não ser dos melhores, o café é famoso e considerado como um dos mais gostosos de Toronto na opinião da mídia especializada.
  • Chiado (864 College Street)- Ao contrário do Bairrada, esse restaurante português oferece um serviço muito bom. A gastronomia também é uma delícia, mas cara. O prato principal mais barato é um filé de salmão, que custa $30 (mas é tão gostoso).
  • Cafe Diplomatico (594 College Street)- O Cafe Diplomatico é sem dúvidas um dos restaurantes mais tradicionais da Little Italy. É o tipo de lugar que, apesar de não servir a massa mais gostosa do bairro e nem disponibilizar do melhor serviço, você sempre acaba voltando. Isso por causa do seu estilo casual. No verão, o pátio é um dos mais disputados de Toronto. Destaque para o spaghetti carbonara.

 

Gostou do conteúdo? Assine nosso boletim!

Cadastre-se para receber as novidades do blog por email. É de graça!

Obrigada! Seu pedido foi enviado com sucesso. Favor checar seu email para confirmar o recebimento de nosso boletim.

Erro

Por: Marcio Rollemberg

Marcio Rollemberg é pernambucano e formado em jornalismo. Foi editor-chefe de um telejornal universitário, produziu documentários e trabalhou como repórter de TV no Brasil. Em 2005 mudou-se para Toronto e atualmente é um dos colaboradores de uma revista e de um canal de TV. Em 2011 juntou-se a equipe do OiToronto, onde escreve matérias sobre Turismo e Variedades. [ email ]

Ver comentários

Classificados

Quartos privativos e compartilhados para alugar na Lansdowne com Dupont

Veja nossos preços para fevereiro, março e abril de 2017! Vagas a partir C$575!!! Quartos compartilhados e privativos para alugar em casa de estudante totalmente mobiliada. Inclui tv à cabo, netflix, internet wi-fi de alta velocidade ilimitada, cozinha equipada, backyard com bbq e lavanderia. [LER]

Autopark Georgetown

Estou aqui para ajudar quem precisa comprar um carro no Canadá. Financiamos para recém-chegados e pessoas sem crédito. [LER]

ANUNCIE AQUI!