OiToronto

Filmes que falam sobre direitos humanos são exibidos em festival

por

O filme do diretor suíço Fernand Melgar abre o Human Rights Watch Film Festival desse ano com um retrato do drama vivido por refugiados na Suíça. O documentário Special Flight, que será exibido na quarta-feira (29/02), às 8pm, captura os anseios de imigrantes ilegais em uma casa de detenção onde esperam pelo pedido de refúgio no país e temem o “vôo especial”, que leva de volta às nações de origem aqueles que receberam ordem de deportação.

Special Flight

Esse ano o Human Rights Watch Film Festival chega à sua 9a edição trazendo uma lista de nove longa-metragens que tratam de temas sobre o desrespeito aos direitos humanos. Em um comunicado enviado à imprensa, a diretora do festival, Helga Setphenson, ressalta que os filmes informam e lembram o público dos problemas enfrentados por milhares de pessoas no mundo inteiro.

“Os temas abordados esse ano– o sofrimento de refugiados, o tráfico de mulheres jovens, bullying entre adolescentes– são extremamente relevantes. Nós esperamos que esses filmes sirvam como um incentivo à discussão e aumentem a sensibilização para os direitos humanos”, disse Setphenson.

Em entrevista ao OiToronto, o programador do festival, Alex Rogalski, afirmou que o evento oferece ao público uma visão melhor sobre os temas retratados em cada longa-metragem. “É uma forma de mostrar que ainda existe esperança atrás dessas histórias, mostradas por pessoas que fazem o que podem para preservar os direitos humanos”.

Outro destaque dessa edição do festival é o filme This Is My Land… Hebron (Dir.: Giulia Amati e Stephen Natanson), documentário que narra o conflito entre palestinos e israelenses. Também merece atenção o longa The Island President (Dir.: John Shenk), que encerra o festival e fala sobre a luta de Mohamed Nasheed, presidente das Maldivas, para que seu país não desapareça nas águas do Oceano Índico.

O festival vai até o dia 9 de março no TIFF Bell Lightbox (350 King Street West) e é uma parceria entre o Toronto International Film Festival e o Human Rights Watch, uma instituição fundada em 2002 que protege e assegura os direitos humanos. Antes de cada sessão, um palestrante convidado irá falar sobre os filmes e os temas abordados.

Os ingressos custam $12 e podem ser comprados no local, pela internet ou através do número 416.599.8433. O OiToronto fez uma lista dos melhores filmes para assistir no evento.

  • Special Flight (Dir: Fernand Melgar)- Quarta-feira (29/02), às 8pm.- O drama de refugiados em um centro de detenção na Suíça é o tema desse documentário que abre o Human Rights Watch Film Festival. Special Flight retrata o sonho de uma vida melhor e o medo de imigrantes ilegais em voltar ao país de origem. Palestrante: Elise Shubs (Produtora executiva)

  • The Bully Project (Dir.: Lee Hirsch)- Sexta-feira (02/03), às 8pm.- Milhares de adolescentes são vítimas de bullying no mundo inteiro, um mal que muitas vezes leva esses jovens a tirar a própria vida. Durante um ano, o cotidiano de pessoas atormentadas foi documentado nesse filme, que exibe diversas cenas chocantes de violência física e verbal. Palestrante: Dr. Claire Crooks, Assoc. Dir. CAMH Centre for Prevention Science

  • This Is My Land… Hebron (Dir.: Giulia Amati e Stephen Natanson)- Segunda-feira (05/03), às 8pm. O filme retrata o conflito entre palestinos e israelitas em Hebron, uma cidade perto de Jerusalém com cerca de 160 mil habitantes. O local é sagrado para judeus, cristãos e muçulmanos e tem tido diversos casos de violência causada pelo ódio entre os dois povos. Palestrante: Director Stephen Natanson, via Skype.

  • The Price of Sex (Dir.: Mimi Chakarova)- Terça-feira (06/03), às 8pm.- A diretora Mimi Chakarova levou oito anos para finalizar esse documentário, em uma investigação jornalística por países como Turquia, Bulgária, Grécia e Dubai. Mulheres que foram vendidas e levadas para longe de casa para trabalharem com o sexo é o assunto desse filme, que aborda um universo repleto de medo e covardia. Palestrante: Director Mimi Chakarova e Liesl Gerntholtz, Director, Women’s Right. HRW.

  • The Island President (Dir.: Jon Shenk)- Sexta-feira (09/03), às 8pm. – Esse foi o filme escolhido para fechar o festival. Um documentário premiado que retrata o esforço de Mohammed Nasheed, eleito presidente das Maldivas depois de uma luta intensa em favor da democracia do país, e que hoje tem um novo desafio: salvar o seu país do aumento do nível do mar, causado pelo aquecimento global. Palestrante: Director Jon Shenk (via Skype).

Por: Marcio Rollemberg

Marcio Rollemberg é pernambucano e formado em jornalismo. Foi editor-chefe de um telejornal universitário, produziu documentários e trabalhou como repórter de TV no Brasil. Em 2005 mudou-se para Toronto e atualmente é um dos colaboradores de uma revista e de um canal de TV. Em 2011 juntou-se a equipe do OiToronto, onde escreve matérias sobre Turismo e Variedades. [ email ]

Deixe um comentário

Seu email não será publicado.

Leia também

Maratona Brasileira de Violão
Que tal um cinema do lado da sua casa?
Cinco viagens memoráveis pra você fazer saindo do Canadá em 2016